Pilates e a dança flamenca

14
jun 2013

A Dança Flamenca é uma arte popular marcada pela expressividade e intensidade de seus golpes e bailado. Enraizada na Espanha, especificamente na região da Andaluzia, teve origem com a cultura cigana, influenciada pelos árabes e judeus, sendo considerada um dos símbolos da cultura espanhola e, Patrimônio Imaterial da Humanidade desde 2010. Cheia de emoção, esse “baile” além de sensibilizar faz bem ao corpo.

Ao contrário de algumas danças que privilegiam pessoas magras, o Flamenco se permite alcançar qualquer um, sendo como forma de lazer ou atividade física. Assim com o Pilates, é uma prática bem democrática.

Característico pelo sapateado e pelos movimentos sinuosos de braços e mãos, a Dança Flamenca é uma dança bem intensa e que possui uma postura bem singular. As linhas corporais se mantêm alongadas, é preciso ter consciência e esforço constante para estender o tronco em todas as direções, alongando pescoço, abaixando os ombros e contraindo os abdominais. Os joelhos devem estar semi flexionados, o peso do corpo colocado na região dos calcanhares, para que o sapateado seja limpo e claro. De acordo com a professora e Balaora Carolina Ferrari “o corpo da cintura para baixo deve estar pesado, como se estivesse enraizado ao chão e, da cintura para cima o mais suave e gracioso possível”. É um exercício de consciência corporal.

Leia também:

O Pilates se encontra com essa Dança com intuito de fortalecer e preparar o corpo para os movimentos e, principalmente, na prevenção de lesões. Tanto uma postura desalinhada quanto o excesso de força nos ‘zapateos’ podem ser suficientes para destruir ligamentos e articulações. O excesso de força é o inimigo número um da agilidade assim como o desalinhamento corporal. Um trabalho focado no fortalecimento do Core, estabilização e fortalecimento de joelhos, tornozelos e cintura escapular, trazem ao praticante garantia de ter um corpo pronto para realização segura dos movimentos, permitindo que o Balaor dance lindamente em qualquer lugar. Exercícios realizados especialmente na Stability Chair e no Cadillac podem trazer grandes ganhos ao praticante.

Trabalhar a consciência corporal e o fortalecimento global do corpo através do Pilates e transferi-los para os Tablados é uma forma de unir duas técnicas distintas de forma inteligente. Uma complementa a muito bem a outra: liberam as tensões do dia a dia, trazem autoconfiança, foco e um corpo mais saudável.

Fonte: http://www.tudosobrepilates.com.br/blog/rafaela-porto

Pratique Pilates no Studio Pilates 4U da Vila Mariana. Agende uma aula experimental hoje mesmo (11) 4328-7780

SOBRE O AUTOR

Pilates

Leave A Comment